PLC 001/2018 – O QUE QUEREM OS LOTÉRICOS???

1.166 vistas

– Aprovação do Regime de Urgência e consequente aprovação do PLC 001/18 no Senado. Por que?

R.: A lei visa dar segurança jurídica para a classe lotérica, que hoje se encontra em estado pré-falimentar e sob risco de extinção

– Reajuste anual das tarifas, do mesmo modo como são feitos todos os contratos de prestação de serviços existentes. Por que?

R.: Os valores dos serviços prestados pelos lotéricos vem sofrendo corrosão há mais de uma década, pois quando são repactuados (não há reajuste automático anual) nunca acompanham os índices de inflação nem tem periodicidade definida. E os custos com estrutura das unidades lotéricas (pessoal, aluguel, etc, sempre são reajustados anualmente).

– Pagamento integral pelos Bancos (através da CAIXA) dos custos com Transporte e Seguro de numerário (Carro-Forte e Seguro de Valores. Por que?

R.: Nesse caso, de tão óbvia, a resposta é simples: o valor transportado por carro-forte e aquele mantido sob a guarda das lotéricas PERTENCE 100% aos bancos. E mais ainda: o lotérico não é remunerado pelo arcabouço de segurança que é obrigado a ter para proteger um dinheiro que nem é seu.

– Restabelecimento, em bases legais, do equilíbrio econômico-financeiro do negócio de loterias. Por que?

R.: Embora o Contrato de Permissão traga em seu escopo que a CAIXA se obriga a manter o equilíbrio econômico-financeiro do negócio de loterias, o que vem acontecendo é a falência da Rede Lotérica (mais de 500 lotéricas fecharam as portas desde 2016). E nem um contrato impediu essa escalada!!!)

OBS.: Os Bancos, que são os grandes usuários desses serviços prestados, corrigem os valores dos serviços que prestam em prazo menores e em percentuais maiores que aqueles que regulam os contratos de prestação de serviços. Os resultados publicados por 02 dos 05 maiores bancos privados indicam crescimento de 7% dos lucros, provenientes do negócio de prestação de serviços bancários ao longo do último ano.

 

 

Use os botões abaixo e compartilhe nossas matérias nas redes sociais

17 Replies to “PLC 001/2018 – O QUE QUEREM OS LOTÉRICOS???”

  1. Nós estamos cansados de trabalhar como escravos. Muitos como eu q sou gerente ainda são obrigados a trabalhar no caixa durante todo o dia por não ter como contratar mais funcionários, pois o nossa comissão não esta pagando nem as despesas. E ainda somos obrigados a conviver c o descaso da Caixa com a nossa categoria q só nos enxerga para cobrar, e pela falta de transparencia da caixa q gera descrença dos poucos apostadores q restaram, fazendo-os ficar ainda mais desanimados. A cada dia q passa aumentam as obrigações e as cobrancas sem nenhuma contrapartida e ainda dizem q é uma parceria. Não vejo parceria nisso. A gente faz todo o serviço e nem remuneração pra sobreviver a gente recebe. Tá realmente dificil. Só quem sabe o quão dificil está a nossa situação somos nos lotericos e nossas familiaa, q na maioria das vezes trabalham junto p tentar otimizar custos. É uma situação de penuria. Nao atoa nuitos estão desistindo de ser lotericos, quango conseguem vendr suas lojas. Muito triste, muito triste. Sim a PLC 01/ 2018. É hora da caixa mostrar o lado de lá da parceria. Sim a Plc.

  2. Acorda pra vida.. esse PLc não passa mais, os senadores já estão dando sinais para aceitarmos a proposta, pois não vão aprovar .. Então temos que esquecer PLC e temos duas vias a primeira tentar fazer uma contra proposta com ajuda dos deputados e senadores , pedindo alteração na ultima proposta , saindo de 0,80 para R$ 1,00 por boleto. Mantendo a data base para ajuste anual e garantia que em Julho ocorrera melhoria no pagamento do carro forte. se não chegar nesse valor pelo menos tentar 0,90. Podem esquecer a PLC, não será mais aprovada.. temos que buscar apenas melhorias gradativas. Isso não resolvi, mas ameniza , é o que temos no momento. Não adianta arriscar e deixar familias que vive apenas das lotericas correndo risco de perde-las. Pois se formos atrás da PLC , vai demorar e não vamos consegui é nada no final.

  3. Febralir comprada quer falir os lotéricos. Lançaram pesquisa de opinião pra perguntar se aceitaremos migalhas. Perdido por um perdido por mil. Nenhum banco ou concessionário vai montar rede pra receber dinheiro vivo e correr riscos.
    O terrorismo não cola. Acho que temos que fazer terrorismo igual: vamos sequestrar o numerário dos dias de movimento e não repassar a caixa e exigir mudança. Prefiro morrer em pé a viver de joelhos.

  4. Vamos organizar uma paralisação total semana que vem ou na primeira semana de junho. Damos férias as funcionárias para simplesmente não abrir as lotéricas. Se não chegar no mínimo de R1,00 com garantia de correção anual não podemos aceitar…

  5. PLC 01/2018 JÁ!!!!
    NÃO VAMOS ACEITAR ESSA MIGALHA QUE A CAIXA TA OFERECENDO.
    ESPERO QUE A FEBRALOT NAO ACEITE!! FEBRALOT NAO ESTÁ REPRESENTANDO A NOSSA CLASSE.
    ESSA NOVA PROPOSTA É UM ABSURDO.
    PLC 01/2018 JÁ

  6. Queremos o PLC como está, lembrando que o custo do transporte de numerário e o seguro pela guarda do dinheiro não devem ser esquecidos.

  7. JÁ VIRAM QUE OS PRÓPRIOS POLÍTICOS JÁ ESTÃO INDUZINDO A ACEITAR O ACORDO ! ESQUEÇAM A LEI ENTÃO E COLOQUEM COMO CONDIÇÃO , CHEGAREM OS BOLETOS DE BANCOS A 1,00 !!!!!!

  8. Necessária aprovação, o risco é do Lotérico, os funcionários, os impostos, seguro de valores, Carro Forte (reembolso muito inferior ao valor pago pela classe), absorvem aumentos anuais de salários e Vale Alimentação, pagam PLR, a classe fecha o mês no zero quando não há prejuízo, como abril de 2018. A CEF repassa um valor ínfimo de remuneração, a comissão de jogos é de 8,61%, arrecada jogos da Mega pela internet (concorrência), tirou os clientes das agências, diminuiu os funcionários de frente de caixa, os bancos privados se beneficiaram de tudo divulgando lucros milionários em seus balanços trimestrais, e para ajudar, o aumento q a CEF propos não acompanha a inflação e ainda quer abrir 2.800 lotéricas para aumentar a presença da marca e pontos de atendimento, canibalizando e dividindo ainda mais os “lucros” com as lotéricas já existentes. A classe sofre e banca assaltos, furtos e golpes. Toma empréstimos para manter as portas abertas, engole cotas de bilhetes da loteria federal q não vendem e ela paga por bilhetes não vendidos. Uma história de horror sem precedentes de uma classe falida q sustenta e banca a conta no vermelho, sangra e morre!

  9. Sou plenamente favorável à aprovação do nosso PL é a única chance que temos de sobreviver dignamente do nosso trabalho que, sabidamente, é de extrema importância pra população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *