SITAE – Entenda os Decêndios

1.416 vistas

Percebe-se certa dificuldade no entendimento dos decêndios (tarifação), (02), (12) e (22).

Para melhor entendimento e a grosso modo, os decêndios se referem aos 10 dias anteriores, conforme pode ser notado logo no início do relatório, “ÚLTIMO PERÍODO ENCERRADO”.

Veja o exemplo de Relatório de Tarifação do período de 22/JUN A 29/JUN/18

Esse período, escolhido de propósito, se refere ao decêndio (02) e irá compor a receita de JULHO, junto com os outros dois períodos (12) e (22).

Muitos empresários lotéricos entendem que esse primeiro período “faz” parte da receita do mês anterior, mas, na verdade não. Faz parte do período do mês em curso, quando foi consignado a receita (crédito na conta 003).

Agora, com a nova sistemática, a Caixa ajustou a prestação de serviço para o mês de competência, do ponto de vista fiscal e altera os decêndios para (10), (20) e (30), ou seja, o que era (02) passa a ser (10), (12) passa a ser (20) e (22) passa a ser (30).

Cabe ressaltar que os Adicionais de Segurança (carro forte) e de Blindagem, normalmente vinham sendo acrescidos à tarifação de contas e serviços no decêndio (02) e a partir de janeiro deverão ir para o decêndio (10).

O fato da Caixa, por questões fiscais, ajustar a competência da remuneração dentro do mês da prestação de serviço  – (10), (20) e (30) – a obrigou a antecipar o decêndio que seria (02) para o mês de novembro/18, e com isso tivemos dois créditos de carro forte em novembro.

Isto posto, será normal a remuneração de novembro vir a maior que a média habitual, no entanto, a tarifação de contas e serviços de dezembro de /18, tende a ser menor e a partir de janeiro regulariza o período dentro do mês.

Evidente que neste mês de novembro a receita “aumenta”, mas a partir de janeiro o Empresário Lotérico notará desequilíbrio nas contas nos primeiros dez dias do mês, onde ocorrem a maior concentração de desembolsos, relativos ao pagamento de folha de pagamento e aluguel. Portanto, planejamento financeiro é essencial para a boa gestão financeira.

Ainda não encontramos explicação plausível para haver mudanças só no SITAE, se o SIGEL continua a emissão de relatório a partir do segundo dia útil e o porquê da necessidade da emissão da nota fiscal do SITAE no primeiro dia útil, ou pior ainda, no mesmo dia da emissão do relatório via terminal.

Também, não é razoável esperar que a Caixa encaminhe o relatório do SIGEL, já que o mesmo poderia ser disponibilizado, também via terminal, ou na pior das hipóteses, disponibilizado no Expresso Parceiro.

[ratings]

 

Use os botões abaixo e compartilhe nossas matérias nas redes sociais

One Reply to “SITAE – Entenda os Decêndios”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *